sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Intersecções





Ás vezes, apenas por um momento, a vida pára.
Para nesse instante podermos ser tudo.
Sentir tudo.
Qualquer coisa que tenhamos em mente pode, de repente, tornar-se real.
Talvez nem sempre estejamos suficientemente atentos para notarmos que está a acontecer.
Talvez não seja suposto que demos por ela.
É um intervalo no tempo, suspenso, que se limita a acontecer, não acontecendo.
Isento de coordenadas.
Flutuante no vazio.
Onde habitam todas as possibilidades, todas as hipóteses, todas as escolhas...


Hoje, num batimento mais descompassado dos dias, encontrei-me lá.
No centro de um infinito de perspectivas, esperanças e probabilidades.
E em consciência plena, constatei calma e serenamente, que estou precisamente onde devia estar. Onde quero estar.
De todos os caminhos possíveis não queria outro senão este.

E é exactamente por aqui que quero continuar.
E agora sigo, e agora avanço... porque o momento acabou.



14 comentários:

Tatiana disse...

A vida é feita de ciclos...um acaba outro inicia.
Estou viajando hoje para aproveitar o feriado de carnaval.
Espero que você aproveite bastante!!!.
Quando retornar venho lhe visitar!
Um beijo carinhoso

Phantom disse...

Também gostava muito de sentir consciente um momento desses.

ลndreia disse...

Agora, há outro momento *

Sara S. disse...

Muito bem descrita a sensação :)
Felizmente a realidade é a pretendida e que continue assim. Bjs

☆ tenshicris ☆ disse...

Sinto-me triste por não conseguir postar no meu blogue, sei que este blog é parte de mim e nunca o vai deixar de ser, mas o estado de espirito que me inspirava a cultivar este meu espaço não habita em mim com a frequencia e a influencia em que há uns tempos o fazia ...
Fica uma parte do meu passado, cheio de novas forças e novas pessoas, cheio de perguntas sem respostas, cheio de caminhos que me levaram até mim... Em breve terei um novo espaço onde levarei todos aqueles que mantive debaixo de olho nomeu blog e que me ajudaram de uma forma ou de outra … Beijinhos e um Grandaaa Obrigada!!! 

soggyscheme disse...

esses caminhos, fazem parte de cilcos de vida. vamo-nos cruzando, vamos conhecendo, vamos esquecendo... e aqui.. ali.. tudo está presente mas ao mesmo tempo não as reconhecemos, porque são muitas informações ao mesmo temo, muitas vidas. importante é vereso que te faz bem e é positivo e aprenderes sempre com isso. somos um só em muitos. hoje tens que escolher um desses caminhos, que te vai levar a novas consciências, novos olhares, novas vidas, preenchendo-te e tornando-te mais tu mesma. às vezes faz bem mudar, sermos e ter a opção de escolher.

Desinteressado disse...

ola
eu sei que sou um grande chato mas passa pelo meu blogue que tens la novidades para ti!!

beijocas Desinteressadas

Daniel Aladiah disse...

Querida Cláudia
Há momentos assim... querer lá estar fica-se pelo desejo, pois os momentos sucedem-se, mudando a matriz em que são um ponto...
Um beijo
Daniel

Daniel Aladiah disse...

Querida Cláudia
Há momentos assim... querer lá estar fica-se pelo desejo, pois os momentos sucedem-se, mudando a matriz em que são um ponto...
Um beijo
Daniel

(marta selva) disse...

tb acho q a vida eh feita desses momentos.
cada segundinho q a vida escoa todo sentimento do mundo dentro de nós.
;*

Sonhadora disse...

Adorei o teu blog!!
Está mesmo lindo!
Parabéns!!
Quando puderes dá uma espreitadela no meu!!
Um Beijo.

Delson disse...

hum... confesse, um comentário meu não era bem o que esperavas. (Riso) Mas, depois de um tempo (longo) de ausência, cá estou para amirar teu talento e a beleza de tua alma traduzida nos teus textos. Este, em particular, desenha a delicadeza de instantes mágicos que (re)vivemos em câmera lenta. Os versos tem uma cadência que combina muito com a expressão de cada palavra.

Mais uma vez, parabéns! Sou teu fã.

Bjos
deste teu amirador que padece de saudades tuas deste lado de cá do oceano!
Fica bem!

nuvem disse...

Momentos de claridade...

Beijos

johnnieX disse...

A vida só é realmente vivida entre os momentos que passam por nós. E nesse espaço, entre esses momentos, somos quem realmente sonhamos.