terça-feira, 3 de abril de 2007

Às vezes esqueço-me de te dizer como me fazes feliz...




Porque me libertas de prisões das quais eu não saberia sair sozinha.

Porque me fazes ter vontade de cantar quando o céu lá fora está cinzento e escuro.

Porque me fazes dançar ao ritmo harmonioso e quente das tuas palavras de carinho, ternura e amor.

Porque me roubas um sorriso grande mesmo quando há lágrimas teimosas que tentam escapar.

Porque todos os dias estás na minha vida. Porque todos os dias me deixas estar na tua vida. Porque fazemos parte da vida um do outro. Porque não há nada melhor do que essa partilha quando se ama.

Principalmente, porque és TU. E porque me deixas ser EU.

Porque me dás a mão.

Porque me fazes carícias.

Porque me salvas apenas por existires.

Porque sorris para mim quando me olhas.

Porque o mundo se mexe e cresce quando tu me abraças.

Porque, porque, porque...

Porque te amo.

Porque me fazes tão Feliz !!


25 comentários:

Anónimo disse...

Realmente escreves através de imagens fantásticas que consegues criar com as tuas palavras. Nascem cenários incríveis com os teus textos.

Deves ser uma grande mulher. Só as pessoas grandes são capazes de falar assim acerca do sentir e das emoções.

Beijinhos, de (outra) Cláudia

Red_Coast disse...

Descobri este blog há um tempo atrás meio por acaso, e tenho hoje a certeza de que não passo sem ele!
Este post é...VIDA que nos enche o peito de vontade de viver sempre com um sorriso nos lábios.
Parabéns.

Beijinhos,

Gaspar Gomes.
WWW.SEMGAS.BLOGSPOT.COM

YTMO disse...

Quando se ama verdadeiramente não é preciso dizê-lo... basta um olhar!

Daniela Mann disse...

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\\___♥
_♥____\\__/♥\\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥
Uma Páscoa Muito Feliz, deseja a Daniela

paula disse...

Gosto tanto de te ler . Ao ler-te , tenho a sensação que podia fazer das tuas , as minhas próprias palavras . Identifico-me com esse sentimento lindo e grandioso que tens , essa história que vives .
A minha história também é linda , mas complicada . Mas é tão importante dizer estas palavras : " Sou feliz contigo , fazes-me muito feliz ... " . Porque é verdade .
Gosto muito da tua escrita , da sensibilidade em cada frase , da poesia de cada uma delas .
Vou voltar sempre .
Paula .

Daniel Aladiah disse...

Lindo amor, Cláudia!
A imagem é fantástica, quase que te vejo...
Um beijo
Daniel

dhyanna disse...

Todo universo conspira conosco quando amamos e somos amados. Bonito texto.

delson disse...

Nossa!! Que saudades que tenho de ti, minha escritora! Continuas inspirada, hein!!

Já eu... continuo negligenciando meu espaço. Mas prometo postar algo especialmente pra ti.

Fica bem, linda!

Bjos aqui do Brasil!!

Conceição Bernardino disse...

Convite de apresentação


Meus queridos amigos,
Queria convidar-vos a todos para a apresentação do meu primeiro livro de poesia, “ Alma Poética” que se realizará no dia 23 de Abril às 22h (segunda – feira, dia mundial do livro), que se realizará na Fnac no Gaia Shoping.
Muito obrigada a todos.
Apareçam será um prazer a vossa presença.
Beijinhos
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

borrowing me disse...

e eu bem sei que não o basta sentir
há que o dizer...
nunca soa é muito bem... ou melhor soa sempre ao mesmo

marina disse...

=) sim...é isso, é isso!

Broken disse...

Existem pessoas com quem de imediato nos identificamos. Estive a ler-te com muita atenção e és uma delas.

Voltarei.

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Ofereço-lhe este poema da minha autoria...

Sorriso


Não me lembro de ter nascido,
Não me lembro de ter vivido,
Não me lembro, jamais de alguma coisa
Se não somente, de ter sofrido!
Mas que importa isso agora?
Se sou feliz por ora.
Tenho amigos por todo lado
Os quais eu tanto amo
Os quais eu muito respeito
Sou feliz, por fazer sorrir alguém
Que sofre tanto ou mais do que eu.


Conceição Bernardino

Beijinhos e uma boa semana...
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Corneto de Chocolate disse...

Ainda que acabes comigo, nunca saberas o quanto me fazes feliz, sempre que...

me derreto contigo! ;)

YTMO disse...

Gosto muito do que escreves.
Visita os meus "Mundos Paralelos" - http://ytmo.blogspot.com/ - e poderás constatar que nomeei este blog como um dos meus 5 preferidos no Thinking Blogger Award.
Parabéns

YTMO disse...

Gosto muito do que escreves.
Visita os meus "Mundos Paralelos" - http://ytmo.blogspot.com/ - e poderás constatar que nomeei este blog como um dos meus 5 preferidos no Thinking Blogger Award.
Parabéns

Mikado disse...

Talvez dizer que te gosto não seja preciso fazê-lo assim tantas vezes, ou melhor, não precisamos de usar a voz para o fazer, qualquer um dos nossos sentidos fala e até chega a ser mais espontâneoa na sua expressão. Quem se souber amado, sabe-o porque sim, não porque lhe foi dito

MalucaResponsavel disse...

Tb me esqueço de lhe dizer... tv seja esse o problema.. bj

Eva Jasmim disse...

Linda...
Levei todas as tuas palavras, impressas em folhas brancas, para ler no quente do meu quarto. Posso mesmo dizer que no 25 de Abril de 2007, estava a ler "as palavras que não tivemos"...Amei...Chorei tanto... Extrai das tuas palavras, aquelas que queria minhas e nunca as consegui escrever... Quando te conheço? Vivo em Aveiro. o meu mail é:aandrealandeiro@hotmal.com.

Visible Silence disse...

Continuas a escrever... e muito bem...
Andei afastada da escrita mas não da leitura...
Agora voltei... para deixar um beijinho e dizer-te o que de certeza tu já sabes :):)
Com simplicidade escreves sentimentos e emoções fortes...
Gosto... Talvez porque também gosto de assim escrever :):)
Beijocas e um bom fim-de-semana

Conceição Bernardino disse...

Desculpem a minha ausência, não me esqueci dos vossos blogs...nem das pessoas apenas com muito trabalho. Vá lá comprem um livrinho!!!!
Por isso peço-lhe desculpa, também pelo comentário ser feito nos vossos post mas estava a enviar por email e vêem para trás. Diz falha de envio. Se alguém não gostar por favor diga-me mas não sei, onde fazer publicidade.
Beijinhos
Conceição Bernardino


Informação sobre os postos de venda do meu livro
“ALMA POÉTICA”

Através da editora:
www.corposeditora.com ou enviando mail para (no site o livro está na colecção "segundas salivas".)
info@corposeditora.com (PORTES PAGOS PELA EDITORA)

Livrarias:

 Livraria Poetria (Porto)
– Rua da Oliveira, 70 – r/c – lojas 5/13 (Em frente ao Teatro Carlos Alberto)
Centro Comercial Lumier
Site: www.poetria.pt
Telefone: 22/2000436

 Livraria Almedina (Vila nova de Gaia)
- Arrábida Shopping – loja 158 A/B
Site: www.almedina.net
Telefone: 22/3701898

 Livraria Sá da Costa Editora (Lisboa)
- Rua Garrett, 100 (No Chiado, em frente à estátua do Fernando Pessoa)
Telefone: 21/3460721

 FNAC – Gaia Shopping, onde foi feita a apresentação, no passado dia 23/04/2007. Somente nesta fnac o livro está fisicamente á venda (existe ainda 6 exemplares).

No entanto, o mesmo pode ser adquirido em todas as fnac’s do País, bastando para isso dirigir-se a qualquer uma delas e encomendar o livro indicando os seguintes elementos:

Editora (Corpos editora)
Título da obra (Alma Poética)
Autor (Conceição Bernardino)

Se pretender poderá ainda fazer o pedido via fnac online:
:http://www.fnac.pt/pt/Catalog/Detail.aspx?cIndex=0&catalog=livros&categoryN=Livros&category=poesia&product=2200012829844

Para qualquer esclarecimento, poderão contactar-me através do mail:
conceicao.mami@sapo.pt

Muito obrigada a todos,
Conceição Bernardino

djamb disse...

Adoro os teus textos, são fantásticos!

Parabéns pelo blog, que está muitissimo bom ;)

Mariane Monteiro disse...

Lindo texto, sensível e eterno! Grande abraço.

FC disse...

que bonito texto

a simplicidade de um sentimento traduzido na simplicidade de um texto

Mary Lamb disse...

Posso vir aqui alimentar-me agora que descobri o caminho?
Beijos!