terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Das Despedidas.





E foi assim que ela lhe disse que ia embora.

Não houve despedida.

As despedidas não são mais do que prolongamentos sado-masoquistas de instantes que em algum momento no tempo foram felizes.
Prolongamentos com tentáculos viscosos e espessos de nostalgia e ventosas de saudade, que se agarram com desespero ao momento presente e lhe roubam o ar, num aperto fatal que dói e sufoca.

Foi assim que ela lhe disse.

Não houve despedida.

Não há despedida quando se quer ficar.


16 comentários:

Phantom disse...

Apesar de para mim ser triste falar de despedidas, adorei este teu texto principalmente pela conclusão que encerra.
A frase diz tudo.

Um abraço.

Rafa disse...

Compreendo bem estas tuas palavras!:/

Sandra disse...

Talvez tu sejas "ela" e talvez tu queiras "ficar".

:)

Rosa disse...

Não há sempre? Mesmo que seja unilateral e silenciosa?

Gui disse...

A despedida é dizer "Olá";" vais estar perto de mim".
A despedida é ir para além do espaço fisico.
A saudade é a ressaca que tens quando fazes o "desmame" do físico dos risos das emoções, do toque do abraço.Por isso é que saudade "dói e sufoca".

Gostei de cá vir, obrigada pela tua "visita".

Gui disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sara S. disse...

Penso que nunca passei por uma despedida do modo como foi descrita, principalmente porque evito esses momentos, mas sei que esta é uma descrição exemplar. Como o Phantom mencionou, apesar de ser triste, este pequeno texto é belo na forma como engloba todos os aspectos emocionais. Gostei bastante, especialmente da veracidade da última frase. Bjs

FlorAlpina disse...

Palavras sentidas...
...
Bjs, dos Alpes...

Jobah Gharozzi disse...

Gostei muito do texto. Parabéns.

Beijos

Rafa disse...

tenho pensado neste texto algumas vezes. infelizmente acho que mesmo quando queremos ficar, se tiver de haver, terá de se dar.

senão ficaremos agarrados à dor do adeus indefinidamente. e custa mais.

ci disse...

As despedidas sufocam...

Beijo da ci

Belinea disse...

Intenso e profundo. Gostei!

sentidointuitivo.blogspot.com

MaRiliaa* disse...

Gostei do texto. Mesmo bonito *-*
- As despedidas sao sempre tristes.
Parebéns (:

Mal disse...

concordo plenamente.
Nao ha despedida quando se quer ficar.
take care

Mal disse...

concordo plenamente.
Nao ha despedida quando se quer ficar.
take care

Anónimo disse...

Bom dia :)

Encontrei o seu blog por acaso, numa das muitas pesquisas na net! Fiquei completamente surpreendida.

Muitos parabens, ADOREI!


A capacidade de exprimir o que sente é simplesmente fantastica. Obrigada... muito obrigada!


Beijinho *