quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Devaneios de um sonho mau





Esta noite fiquei prisioneira de sonhos corrompidos, e ainda não te disse.

Sonhos de medo, em que há fim e limites. Coisas que nos ensinam que não cabem nos sonhos.

Detida e reclusa dos meus próprios receios. Cativa das minhas dúvidas, hesitações e incertezas. Todas em tons graduais de escuridão.

Mas ainda não te disse, pois não? Como no meu sonho mau, os meus sonhos acabaram. Porque tu já não estavas lá para me dizer frases lindas que falam de futuros nossos, para me dizer frases belas que consubstanciam o desejo e a vontade de um "amanhã".

Tentei ouvir.
Mas era o silêncio.
Tentei olhar.
Mas era o vazio.

A noite ficou pesada e compacta, habitada por uma alma obscura. Como o meu corpo derrotado pelos devaneios tristes de um sono perturbador.

Acordei numa angústia rápida de reencontrar a realidade. Aquela em que te encontro, mesmo que não te procure, porque vives fundo em mim.
Acordei na ânsia de poder libertar-me do meu próprio pensamento. Estranho. Enclausurador.

Encontrei este sol, esta luz. Ficaram ainda as esquinas turvas dos receios que durante a noite viveram comigo. Dissolver-se-ão certamente com o passar gradual das horas do dia.

E eu ainda não te disse... Que tive um sonho perigoso...
Que foi só um sonho.
Apenas devaneios de um sonho mau.
................................................................

(Foi assim,... não foi?)



11 comentários:

Corneto de Chocolate disse...

Quando tentas imaginar a minha ausência tens sonhos tenebrosos? Ainda não me tinhas dito, bombinha. ;)

Sou o teu facho de luz? Estou aqui. Sossega. Mesmo porque, com estes teus devaneios, derreto-me todo contigo. :)

Teu,
Cornetto

Rain disse...

Se são só sonhos não podem fazer mal...
Beijinhos!

YTMO disse...

...todos os sonhos onde ele(a) não está tornam-se pesadelos. A ausência é um pesadelo... que nem os sonhos combatem.

Adoro passar por aqui Cláudia.
Escreves maravilhosamente...
Bjs***

Anónimo disse...

Sonho mau é não ter alguém que escreva assim para mim, que converse assim comigo...

Sonho mau é essa ausência.

SA. disse...

Não gostava de participar nisto?- arcadia21.blogspot.com

Daniel Aladiah disse...

Querida Cláudia
Há amores que são prisões e que nós adoramos. Mas não deixam de ser prisões... não deviam...
Um beijo
Daniel

Manuela disse...

certezas de um sonho mau? realidade/sonho...
Uma vez disseram-me nunca d�s o n�... d� antes um la�o, como os das prendas... mais tarde percebi que o n� para se desfazer deixa marcas, sonhos maus e muitas vezes temos de cortar... enquanto o la�o desfaz-se, divide-se em duas partes iguais que ainda se podem voltar a enla�ar...
Agora sonhos menos bons, todos temos...

Passei aqui vinda de um outro blog, gostei do que Li.
Vou voltar... posso?

beijo

nuvem disse...

Por vezes a barreira que separa o sonho da realidade é tão ténue...

Bonito texto.

Beijo :)

Ana disse...

"Encontrei este sol, esta luz. Ficaram ainda as esquinas turvas dos receios que durante a noite viveram comigo. Dissolver-se-ão certamente com o passar gradual das horas..."

Pior que acordar de um "sonho mau", é não termos a capacidade de sonhar quando estamos acordados.

Muito envolvente..
Este será mais um porto seguro onde irei atracar de novo.
Beijinho
Ana

nuvem disse...

Tens um miminho à tua espera na nuvem :) Beijinhos

Patricia disse...

Gostei do post ! A tua forma de escrita é cativante e de certa maneira faz - me lembrar a minha . ( nao e por isso que ela é cativante xD ) .

beijo