sábado, 21 de julho de 2007

ENCOSTA-TE A MIM, NÓS JÁ VIVEMOS CEM MIL ANOS...

19 comentários:

Pink disse...

Adorei!!!
Por acaso não conhecia...
Mas já guardei no meu comput. p + tarde ouvir...e comprar.
P ti só desejo 1 bom fds, e q esteja mt solinho p se poder ir à praia...ou pelo menos menos vento p ñ se andar a comer terra!
Até!

(Também) Cláudia disse...

Este será sempre um grande Senhor.

A melodia e a letra são quase viciantes.

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Continuarei a comentar, é esta a minha maneira de ser:
Oferendo este poema da “FLY” – do blog “Pedaços DÀlma”


Ausência

Quero largueza desta dor
Apartar-me desta saudade,
Libertar-me desta angústia e vencer esta dor
Mas é em vão...
Vão passar-se muitos anos Pai e eu vou sempre chorar a tua ausência.
Sinto a tua falta!
Queria poder sorrir e dizer "hoje vou visitar-te"
E digo-o à mesma, mas não vejo o teu sorriso,
não sinto a tua voz,
não sinto o calor do teu toque,
nem o teu afago ou beijo...
Estou triste.
(...)
Porque teimam as lágrimas em cair ...?
Porque é que hoje o dia está cinzento
E o vento traz brisas negras de saudade?
Porque é que a minha mão continua estendida
E eu não sinto o teu calor?
Não estás...…
Nunca mais vais estar
E eu sinto-me tão só.
Onde estão as tuas palavras, o teu olhar, o teu carinho?
Onde estão?
Longinquamente por aí…
Perdidas entre a minha dor e a saudade…
Continuo aqui, paralisada,
Igual a mim mesma à espera do abandono impossível da solidão..
Preciso, tanto, de um abraço teu!!!

Dulce disse...

Já comprei. Gosto muito do J.P.
Beijinhos

Sonia Pallone disse...

Depois de voltar aqui é como se um raio de sol adentrasse em todos os cantos trazendo alegrias e sorrisos. Beijos, obrigada pela linda música.

Daniel Aladiah disse...

Querida Cláudia
Acredito, piamente, que andamos por aqui há mais desse tempo...
Um beijo
Daniel

delson disse...

"Viciante". Tua palavra expressa bem a letra da música. Mas confesso que não entendi (ou não concordei) muito com o roteiro do clip, mas é legal.

Assim que puder, mando um clip pra ti tbm (de preferência do Catedral). Um bjo aki do
brasil-amazônia!

Sete & Soraia disse...

ola!

bem desculpe mas andavamos por aqui pelos blogs e encontramos este..^^
do qual gostamos tanto da apresentação como do ultimo post..:)

beijos

Anjo disse...

Sem dúvida uma grande música!!Não conhecia o videoclip,está original.Gostei!
Beijo

Corneto de Chocolate disse...

´tá difícil! Ao fim de 99.999 anos, 11 meses e 30 dias, continuo à tua espera. E, no entanto...

Derreto-me contigo! :)

Mary Lamb disse...

Lindo, nao é?

Mariane Monteiro disse...

Lindo...doce! abraço.

Delfim Peixoto disse...

Gostei

anrasaxa disse...

esta musica ultimamente tem andado a perseguir-me... estou sempre a ouvi-la, na radio, nos blogs.. ao menos é lindissima :)

MANDALAS POEMAS disse...

Hola, desde Barranquilla, Colombia, te envío un caluroso saludo y mis felicitaciones por tu blog y en especial por su contenido. Te invito muy cordialmente a que visites el mio donde están consignados mis poemas los cuales puedes usar si los necesitas, solo te pido el credito para el blog y el autor. Espero tu visita y tus valiosos comentarios.

www.mandalaspoemas.blogspot.com

Un abrazo,


Víctor González Solano

joão marinheiro disse...

Gosto da musica, e do blog tambem, abraço deste lado do mar.

APC disse...

Vivi tanto as melodias de Palma... Identifiquei-me sempre tanto... Que acho que é para sempre! Ou por mais cem mil anos, pelo menos!

Bravo!!!

Rain disse...

ADORO esta música, o Jorge Palma, o poema, o vídeo, a "atomosfera"...

Rex Noster disse...

Mais uma pirosice da musica portuguesa. Os pop artistas da kultura pimba urbana.

Lamento pelo Jorge Palma. Encostado aos melodiosos, ligeiros e populares Represas, etc. etc.
Ok, mais uma musica-zinha para as telenovelas da noite.